RenovaBio prevê metas de descarbonização para o setor de combustíveis

Lançado em 2016, o RenovaBio que é uma política de Estado e tem o objetivo de traçar uma estratégia conjunta para reconhecer o papel de cada tipo de combustível na matriz energética brasileira, tanto para a segurança energética quanto para mitigação de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa. Diferentemente de medidas tradicionais, o RenovaBio não propõe a criação de imposto sobre carbono, subsídios, crédito presumido ou mandatos volumétricos de adição de biocombustíveis a combustíveis.

A lista de objetivos inclui ainda o fornecimento de contribuição para o cumprimento dos compromissos nacionalmente determinados pelo Brasil no âmbito do “Acordo de Paris”, a promoção adequada da expansão dos biocombustíveis na matriz energética, com ênfase na regularidade do abastecimento de combustíveis.

Continuar lendo