Pessoa física ou jurídica? Antes de decidir consulte seu contador

Produtores rurais precisam se preocupar muito com os aspectos fiscais de seus negócios. Uns trabalham com um modelo de negócio menor e outros produzem em grande escala, por isso, suas obrigações são distintas. Então é importante que cada um analise junto com o seu contador o que é melhor: pessoa física ou jurídica. No Código Civil, existem muitas diferenças entre os dois termos, tanto sobre a definição quanto em relação a direitos e deveres. O termo pessoa física se refere a um indivíduo concreto, um ser humano. No caso do produtor rural, isso significa que é simplesmente alguém que possui um lote de terras e nele, realiza uma produção em pequena escala, para um público pequeno.

Já a pessoa jurídica representa um sujeito abstrato, como as empresas, as associações, as fundações, as igrejas, as administrações públicas, dentre vários outros. Aqueles que optam por pessoa jurídica é quem se enquadra nesse segmento como uma empresa, fornecendo produtos a consumidores reais, que pagam pelo que é feito. Nesse caso, as obrigações fiscais desse produtor são um pouco mais complexas.

Continuar lendo