É sempre bom reencontrar um velho amigo

Para enfrentar a programação intensa de uma viagem de trabalho é preciso ter muito bom humor. E isso é o que não falta neste grupo de mato-grossenses que, esta semana, participa da Missão Técnica do Sistema Famato/SENAR-MT. Mas quando amigos de faculdade se encontram ‘- aí – não tem pra ninguém’, é só boas histórias e muitas brincadeiras para relembrar o velhos tempos. Foi isso que aconteceu quando o colaborador do SENAR-MT, Carlos Augusto Zanata, mais conhecido como Guto se encontrou o médico veterinário, José Antônio de Paulo que foi seu colega de faculdade faz vinte e poucos anos. E confesso, estou morrendo de vontade contar os apelidos, mas são ‘implublicáveis’. rsrsrsrs. Então vamos curtir só as fotos dos dois numa agradável brincadeira.

 

Nada melhor que ser premiado com conhecimento e informação

Para os mobilizadores Luiz Rodrigues, Antonio Marcos Pereira Matos, Liria Knutzen, Rosa Leite Cesário, Iracema de Oliveira Araújo, Edimar Ricarte, Patrícia de Oliveira e Paulo Ricardo Wieczorek, esta missão técnica do Sistema Famato/SENAR-MT é o prêmio por terem ocupado os primeiros lugares no ranking do prêmio dos mobilizadores de 2015.  Além do conhecimento, informações, eles também aproveitaram a viagem para conhecer lugares bonitos como a fazenda Córrego Branco que encantou todos com a beleza de sua paisagem e com as novidades na produção de leite. Ahhhh!!! Já estava esquecendo – que sempre na hora da foto tem brincadeiras. Desta vez consegui fotografar.

Assim como para os mobilizadores, a viagem também é um prêmio para os supervisores Natalino Márcio, Kleber Muller e Lúcio Deo, por terem seus sindicatos de suas regionais como os melhores colocados no ranking do Prêmio de Mobilização. Eles registraram tudo. Além das anotações, eles também fizeram muitas fotos e vídeos. E assim segue a viagem de trabalho do grupo de mato-grossenses.

 

 

Pouco tempo para muita novidade na Agrishow 2017

A segunda-feira (01.05) não ‘foi feriado’ para o grupo de mato-grossense que participa da Missão Técnica Ribeirão – Uberaba – 2017. Aliás, muito pelo contrário, foi de muito trabalho. Foi dia de Agrishow Ribeirão 2017. Ao todo, 800 marcas participam do evento que ocupa mais de 400 mil metros quadrados e tem como expectativa receber mais 150 mil pessoas e movimentar quase R$ 2 bilhões. Já no primeiro dia as ruas pareciam um ‘mar de gente’.

O trator que não precisa de operador foi uma das coisas que mais chamou a atenção dos visitantes da feira. E é claro todo mundo quis tirar foto com o “bichão”.

Mas também tinha milhares de outras novidades. Motores expostos também chamaram a atenção.

No fim do dia, além de muito conhecimento, informações, novidades e novas ideias, o grupo também estava cansado e a escada de um estande virou um cantinho para descansar as pernas.

 

Grupo que viajou para Missão Técnica aos EUA já está em solo Cuiabano

Depois de 10 dias de viagem conhecendo propriedades produtoras de gado de corte, instituições de ensino e órgão de governo, o grupo de produtores mato-grossenses pousam em solo cuiabano no fim da tarde desta segunda-feira (07.03). Na mala além da bagagem, eles garantem que trouxeram muito conhecimento e informações que podem ser aplicados na propriedade. Nas cidades americanas, por onde passaram, fizeram a diferença e deixaram suas marcas. No evento Cattlemens’s Day (dia do produtor), na Kansas University,  os mato-grossenses foram de estande em estande em busca de novidades.

Zacarias e Paulo mostraram para os americanos como se faz em Mato Grosso

A sexta foi deles: Zacarias Schneider, popularmente chamado de Zaca e do que estão na Missão Técnica Famato – Senar 2016 Cattlemen’s Day – Kansas State University. Eles, como representantes das propriedades vencedoras do Prêmio Famato/Senar em Campo, apresentaram suas propriedades como casos de sucesso da pecuária de corte aos americanos que participavam do 103º Cattlemen’s Day (Dia do Pecuarista) promovido pela Universidade Estadual do Kansas. Mas além de mostrar como se faz aqui no Mato Grosso, eles também estão trazendo muitas informações, conhecimento e novas ideias na bagagem. A educação e o processo de sucessão familiar foi o que mais chamou a atenção dos dois.

dois produtores

Mas é claro que todo o grupo está em busca de novidades para implantar em suas propriedades. O técnicos da Famato, Senar e Imea comparam números, especulam as planilhas e buscam formas e ideias para melhorar e inovar. O povo não para. Mas também ninguém é de ferro não é?  Tem que sobrar um tempinho para as fotos e o famoso selfie.