Amostragem e análise de qualidade garantem uma boa correção do solo

As amostragem e análises de solo devem ser feitas anualmente na agricultura e, pelo menos a cada três anos nas pastagens. O objetivo é estimar a capacidade do solo de fornecer quantidades adequadas de nutrientes necessários para atender às necessidades da lavoura ou das pastagens. É importante dizer que os resultados do teste somente são úteis quando utilizados em conjunto com uma curva de calibração que relacione a análise de laboratório a um conjunto de dados de resposta de plantação. Sem os dados de resposta (calibração), os resultados do laboratório não têm muito significado. O padrão de amostragem deve ser configurado para caracterizar melhor a variabilidade dentro do campo.

Diferentes sistemas de cultivo fornecem quantidades e profundidades diferente de mistura de nutrientes. Frequentemente, os nutrientes se tornam estratificados — ou em camadas — no perfil do solo. Isso pode afetar a disponibilidade dos nutrientes da planta, especialmente se as condições de umidade limitarem a atividade de raiz em qualquer momento durante a estação de crescimento. Por exemplo, se os nutrientes se acumularem nas três ou quatro polegadas superiores da zona da raiz e o solo secar no meio do verão, a planta pode ficar subnutrida devido à indisponibilidade de posição dos nutrientes. Isto é, o suprimento na verdade está lá, mas está inacessível às raízes devido à falta de umidade.

amostragem de solo - 1

Continuar lendo