Horticultura é um mercado promissor em Mato Grosso

De acordo com o professor do curso de Agronomia da Unemat, em Tangará da Serra, e coordenador do programa de Extensão MTHorticultura, Willian Krause, mais de 75% das frutas e hortaliças consumidas em Mato Grosso vem de outros estados. “Isso significa que o mercado mato-grossense é promissor e está em expansão”.

Krause acrescenta ainda que são mais de 100 mil famílias de pequenos produtores de hortifruti em Mato Grosso.

“Somente na região de Tangará da Serra temos 1.100 famílias”. Krause destaca ainda que um dos principais problemas enfrentados pelo setor é a falta de mão de obra qualificada e assistência técnica. “O que precisamos é fomentar essa cadeia que tem retorno rápido e gera renda para o pequeno produtor. De um lado temos mercado e do outro temos os produtores com vontade de produzir”.

Diante deste panorama o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) lançou em 2018 o SENAR Tec Horticultura. Ao todo serão atendidas 50 propriedades, sendo 25 produtoras de hortaliças e outras 25 de frutas.  Este é um programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) de três anos e, que tem várias etapas a serem cumpridas até a implantação completa do programa.

Em Tangará da Serra, o SENAR Tec Hortifruticultura será implantado em parceria com o Sindicato Rural, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer-MT), Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura e a Associação de Engenheiros Agrônomos de Tangará da Serra (AEATS). Para o presidente do Sindicato Rural de Tangará da Serra, Reck Júnior, a parceria de todas estas instituições é uma forma de fomentar o desenvolvimento da cadeia. “O objetivo é melhorar a produção, trazer inovações tecnológicas para os produtores e melhorar a rentabilidade. Toda ajuda para organizar esta cadeia produtiva e melhorar a vida dos produtores é bem-vinda”, enfatiza Reck Júnior.

Além da assistência técnica, o SENAR-MT em parceria com os Sindicatos Rurais oferece nove treinamentos que capacitam profissionais para atuar no setor. Com carga horária de 40 horas, o conteúdo destes cursos inclui assuntos como: escolha da área para cultivo, como coletar amostras para análise de solo, adubação e vários outros temas importantes para o setor.

Para saber mais sobre os treinamentos acesse www.senarmt.org.br e para saber se há turmas e vagas entre em contato com o Sindicato Rural de seu município que é o principal parceiro na realização destes treinamentos.

TREINAMENTOS OFERTADOS PELO SENAR-MT

Cultivo da mandioca

Cultivo protegido para olerícolas

Hidroponia

Olericultura básica

Olericultura orgânica

Produção de hortaliças e folhosas

Produção de quiabos e cucurbitáceas

Produção de raízes, tubérculos e bulbos

Produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s