Antes de diversificar o negócio estude o mercado e planeje

Quando o produtor rural quer diversificar as atividades em sua propriedade, deve pensar em planejamento e vários outros fatores antes de começar o novo negócio, o que não é uma tarefa fácil. É preciso estudar o mercado, verificar se há viabilidade a partir do potencial de aceitação frente ao público e ter um plano de negócios. Mas não é só isso, também é necessário conhecer muito bem os consumidores e os fornecedores.

Começar uma nova atividade sem ter expectativa de como o mercado irá reagir em relação ao produto é um risco que pode acabar em prejuízos. A análise de mercado é um dos principais elementos do plano de negócio e, sem ela, é impossível conhecer as necessidades do público que se pretende atingir, o perfil da concorrência e os melhores fornecedores.

 

Esta análise é o processo de obtenção de informações sobre o mercado de

atuação da empresa/ideia, bem como os fatores que podem impactar no sucesso ou fracasso do empreendimento. É por meio desse processo que se obtém dados sobre o segmento e o contexto em que se vai atuar.

Na pesquisa de mercado, o contato é realizado com quem mais interessa para a empresa: o cliente. Esse tipo de pesquisa inclui perguntas diretas sobre o nível de serviço esperado, expectativas sobre o negócio e o mercado. A pesquisa é a forma mais eficaz de entender as necessidades e desejos dos clientes, mantendo o negócio atualizado.

 

Para os interessados em saber mais sobre este assunto, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) oferece treinamentos para capacitar pessoas que vão atuar na área de gestão. A lista inclui o curso de Administração de pequenas propriedades rurais, Gestão de Propriedades Rurais, e os programas especiais que são modulares e também abordam sobre o tema, como o Negócio Certo Rural (NCR), Boas Práticas Agropecuárias – Bovinocultura de Corte (BPA) e Sucessão Familiar. Para saber mais procure o Sindicato Rural de seu município.

 

DICAS IMPORTANTES

Conheça o seu setor – Entender o mercado em que pretende desenvolver o negócio permite o lançamento de produtos mais adequados às exigências dos clientes. Além disso, o conhecimento do setor de atuação permite potencializar o atendimento e, assim, melhorar o posicionamento de mercado.

Estude o seu cliente – procure entender o público que vai atingir tanto no sentido quantitativo quanto qualitativo. Para isso, podem ser usadas ferramentas como questionários, análise de tráfego e de preferências dos clientes. Delimitar a área de abrangência do negócio também é um fator importante.

Fique de olho na concorrência – É fundamental ter um cuidado especial com a qualidade dos produtos, preços e condições de pagamento favoráveis. O atendimento ao cliente também deve estar nesta lista de prioridades. Em seguida é preciso avaliar dois públicos que têm impacto direto no sucesso do negócio: os fornecedores e a concorrência. É importante estar sempre atento aos movimentos do concorrente para compreender como se posicionam perante o mercado. É desta forma que se identifica as oportunidades e diferenciais para o negócio. No caso dos fornecedores a análise deve levar em consideração tudo aquilo que pode impactar na produção da atividade, como preço, prazo e negociação.

 

Projeções de mercado – A avaliação econômica do mercado em que se pretende atuar permite que a empresa tenha perspectiva de estabilidade financeira. Uma análise de setor possibilita compreender qual será o provável crescimento em determinadas condições financeiras. A análise de projeções favorece a realização do planejamento de investimentos, além de demonstrar uma necessidade de capital para determinados períodos. Especialmente em um momento de crise, o estudo das projeções de mercado se torna um grande aliado para fortalecer a empresa e permitir que ela consiga superar qualquer problema de ordem financeira.

Estude o produto e o preço – Analise o produto dos concorrentes, buscando pontos fracos e fortes. Diante dos pontos fracos, busque criar oportunidades de diferenciação para chamar a atenção do público-alvo. Nos pontos fortes, pense em como “reduzir a distância” entre a qualidade do seu produto e a do concorrente, a fim de ser forte o suficiente para conquistar clientes. Quanto ao estudo do preço, essa é uma definição mais complexa do que parece. Não basta definir um valor baseado apenas no custo, mas sim levar em conta localização, preço do concorrente, trabalho realizado, custos, objetivos, remuneração e a remuneração do cliente.

Fonte: Masci Consultoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s